terça-feira, 1 de setembro de 2009

Expointer e o Rio Grande que queremos

A força do campo se mostra na Expointer de todos os anos. Ao ver equipamentos de ponta, animais geneticamente superiores, produtores orgulhosos de sua produção, o PoPa fica meio sem saber o que dizer da idéia de jerico do Ministro do MDA, de "melhorar" os índices de produtividade do campo. A idéia é fazer com que propriedades abaixo da média fiquem disponíveis para a reforma agrária. Poderia até ser uma boa idéia, mas o que dizer dos milhares de hectares que já foram destinados à tal reforma e que - em termos de produção - estão no século passado, quiçá no anterior? Para estes, nada de índices, nada de produção intensiva. Para estes, grana pública, cestas básicas e muita, muita, embromação.

MDA, DIVULGUE O ÍNDICE DE PRODUTIVIDADE DE CADA ASSENTAMENTO!

3 comentários:

zefirosblog disse...

Passando hoje pela Folha on-line, lembrei do blog.

Leio que a BM “Torturou crianças” durante ação contra o MST. Esse é, rigorosamente, o título da notícia. Quando a lemos na integra, entretanto, concluímos que a chamada tortura teria consistido em “tortura física e psicológica de crianças (...) xingamentos, uso ostensivo de cachorros e da cavalaria e ferimentos por meio de estilhaços de bombas lançadas pelos brigadistas --um bebê foi atingido no rosto.”

Ou seja, os militantes cerram fileiras - intencionalmente, como é sabido – ao lado de suas crianças enquanto resistem aos brigadianos, porém esses brigadianos, para demover os militantes de resistir com violência, não podem usar de força.

O que era esperado da polícia por parte da Secretaria de Direitos Humanos é o genuíno enigma. Enfrentar desarmada o MST? Quiça com rosas? Confesso que quando li o título da reportagem imaginei algo como menores sendo seqüestrados pelos brigadianos e levados a local ermo para serem agredidos com choques elétricos ou coisa do gênero.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u618307.shtml

PoPa disse...

A covardia do mst é histórica. Eles não respeitam os próprios filhos e mulheres, ao colocá-los na linha de frente contra um batalhão policial que está lá atendendo a uma ordem judicial. O comando da BM não pode descumprir a ordem. Precisa atendê-la. Que eles briguem - e são competentes nisso - nos tribunais!

charlie disse...

Índice de produtividade de assentamentos? Se existe, com certeza nunca será divulgado.