domingo, 20 de setembro de 2009

Brasília

Ao acercar-se do balcão do hotel, em Brasília o PoPa, cansado, suado e com pouca bagagem, foi olhado de cima a baixo pelo atendente nordestino:

- Um dia só? – Sim. – Normas do hotel, a diária é paga adiantada. – Parece que vem muitos políticos aqui, não? O atendente não parece perceber a ironia e pega o cartão para fazer o registro.

2 comentários:

Blog do Ferra Mula disse...

Não se impressione PoPa, vai ver que ele está viciado em carteirada do tipo "voce sabe com está falando?"

Se tu tivesses dado uma carteirada dessas, garanto que tu ficarias por lá sem ser incomodado. Numa boa!!!

PoPa disse...

Melhor ainda, seria um cartão coorporativo! Li uma notícia por estes dias, que Marco Maciel, durante todo tempo que foi vicepresidente, não usou o tal cartão uma única vez. Deve ser um caso único!