sexta-feira, 13 de março de 2009

Democracia e representatividade

O PoPa se considera um democrata e, portanto, aceita que deputados tomem a posição que entendem ser melhor para a sociedade que eles representam. Mas, obviamente, estes mesmos deputados precisam saber que seus eleitores também tem este direito e que responderão a eles nas próximas eleições. O PoPa fala sobre isto, pois "seu" deputado estadual votou contra o veto da governadora, que mantém o desconto dos dias parados dos grevistas. O PoPa defende o direito de greve, mas também defende que os grevistas públicos devam ter os mesmos direitos e deveres dos privados e, portanto, o desconto dos dias parados.

Pois o deputado Nelson Harter votou contra o veto. Direito dele, claro. Direito do PoPa de reclamar e não mais votar no deputado, pois não mais representa a idéia que o PoPa tem de direitos iguais para todos.

2 comentários:

charlie disse...

O diabo é que se for seguir esta lógica, em pouco tempo fica sem opção.

Pobre Pampa disse...

Melhor sem opção que com a opção errada. Mas é dever de todo eleitor saber o que seu representante faz por lá. Reclamar quando não estiver de acordo - mail é simples e o email do deputado está lá no site da AL, para quem quiser entrar em contato.

A pressão faz parte da democracia e funciona!