domingo, 8 de março de 2009

Sobre excomunhões e católicos

Esta discussão saiu de seu eixo principal, graças à ação estabanada do arcebispo de Olinda e Recife. Seus defensores alegam que isto somente interessa aos católicos, mas o arcebispo declarou (já que ele não excomunga, é uma ação do próprio pecador) que todos estavam excomungados. Errado, arcebispo. Se interessa somente à católicos, se é coisa de direito canônico da igreja católica, somente católicos podem ser excomungados. Saberia o arcebispo quais pessoas são católicas neste caso?

Ora, se ele tivesse acrescentado à sua intempestiva declaração que os CATÓLICOS que colaboraram com o fato estariam excomungados, a ninguém mais interessaria a declaração. Mas ele foi além! Declarou, como juiz supremo, que TODOS estavam excomungados... É mais ou menos como se um rabino reclamasse dos brasileiros não judeus por trabalharem nos seus dias consagrados. E isso nunca aconteceu.

O Brasil está deixando de ser católico? Sem dúvida! Culpa de quem?

4 comentários:

Stenio Guilherme Vernasque da Silva disse...

Hum...
Por causa da própria "seita medieval" em que se tornou a "Igreja Católica Apostólica Romana".
A religião que deveria ajudar nas relações sociais é a mesma que provoca cisões e divisões em tribos, causando o caos social que vemos e a guerra de classes que a esquerda tanto queria. Ontem me senti EXPULSo ou EXCOMUNGADO da DIREITA brasileira.
Foi-me dito que só há direita se for católico, e cumprir não sei o que.
Adoro ler e ter como uma referência. Mas daía ao caduco Prof Olavo de Carvalho nortear minha vida? NUNCA. Graças ao mesmo Deus que esta "seita medieval" blasfemeou por toda a história.
Notem, quem gosta de história, que a história da Igerja Católica, desde Constantino e a "confecção da Bíblia, passando pelas cruzadas e a Santa inquisição, até os dias de hj com padres pedófilos, com muitos filhos, e homosexuais que se iniciam nos seminários.
Vergonha Por isoo, Popa, te disse que a partir de agora vvo o mundo REAL:
Sou DEM 25

Charlie disse...

Uma bela homenagem do Vaticano neste Dia da Mulher: o artigo intitulado "A Máquina de lavar e a liberação das mulheres --ponha detergente, feche a tampa e relaxe". O texto defende que a máquina de lavar foi mais importante na liberação das mulheres do que a pílula, o aborto e o mercado de trabalho.

E o Angeli, por sua vez, dedicou aos nossos católicos um divertido cartoon: http://4.bp.blogspot.com/_pOQU-haGzx4/SbUNCDeovHI/AAAAAAAAGZ8/A03TP-WIU0s/s1600-h/angeli+excomungados.gif

Anônimo disse...

Ridículo, seus conceitos de Igreja, se pra vc se basta nao seja catolico, se Deus te deixa livre tbm a igreja vai te deixar, mas nao axe que ela vai se calar diante desse mundo, isso nunca...

PoPa disse...

Caro anônimo, a igreja não me deixa livre, pois não se cala em assuntos que não lhe dizem respeito. Portanto, estou livre para comentar o que quiser. Não falo dos dogmas da igreja, não falo do celibato dos padres, não falo das orientações que ela faz aos católicos. Mas não posso me calar quando ela fala para não católicos fazerem o que ela quer! Simples! "Axo" isso!