domingo, 15 de março de 2009

Madureira em Cuba

No Fantástico, o PoPa assistiu a uma "reportagem" de Marcelo Madureira em Cuba. Não conseguiu ver o proverbial bom humor do casseta, mas não pode deixar de ouvir o locutor falando na escassez de tudo, devido ao bloqueio norteamericano. Um momento! A ilha sequestrada tem condições de produzir muito alimento e não o faz! Explora os turistas que vão para lá com um câmbio fajuto de dois sentidos: um valor na entrada e outro na saída!

O resto do mundo não faz nenhum tipo de bloqueio à ilha, portanto, esta não poderia ser a razão da pobreza do povo. Talvez não haja mercado internacional, exatamente porque nada se produz por lá. Afinal, precisariam pagar as contas, não é mesmo? A Venezuela vende petróleo barato em troca de medicina vulgar. O Brasil (os empresários brasileiros) vende, com garantia do governo (brasileiro).

Imagem: do site Generación Y

3 comentários:

Clausewitz disse...

A culpa é sempre do progresso e do desenvolvimento... nota zero para os ditadores cubanos, que são ícones dos de cá...

Charlie disse...

Não gosto do termo "bloqueio". Não existe bloqueio contra a ilhota. Existe, sim, boicote de um país contra um regime. Ora, quem disse que os estadunidenses são obrigados a comerciar com Castro?

Charlie disse...

Digo mais! O boicote deveria ser extendido ao petróleo venezuelano. Claro, não vai acontecer, mas fechar a torneira seria uma forma de fazer ir abaixo aquele petro-ditador.