quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Olha o aviãozinho!

Yeda parecia estar realmente preocupada com o ajuste das contas do Estado. Fez secretarias economizarem papel, clips e outros cortes do mesmo nível. Por isto, quando o PoPa leu que ela está querendo comprar um jatinho para o Estado, surpreendeu-se! Para que isto, governadora? Quais viagens tão urgentes precisam ser resolvidas "da noite para o dia"? Se é voo internacional, que use a primeira classe de um voo normal, como qualquer empresário. Exigir que fosse como os reles mortais, na executiva seria demais, mas uma primeira classe não tem problema nenhum, governadora! Não fica feio chegar em aviões de carreira para reuniões em Washington ou outro lugar qualquer do mundo. Feio é chegar em um jatinho, sabendo que o Estado está quebrado...

O PoPa criticou e segue criticando o Aerolula. Critica também o Aeroyeda, pelos mesmos motivos. Lula poderia ter um jatinho executivo. Afinal, é chefe de estado e a segurança é algo importante, independente de quem está no posto. Mas não precisava daquela nave, da mesma maneira que Yeda não precisa de um jatinho.

Mas, antes de ler as críticas da esquerda de plantão, o PoPa relembra que Olívio criticou a compra do helicóptero pelo Brito e dizia que venderia para construir escolas... foi o governador que mais usou o tal "avião de rosca"... mordomia é contagiosa!

4 comentários:

charlie disse...

Vida de celebridade, cheia de mimos e mordomias é algo que contagia! Dona Yeda está curtindo a vida como nunca.

A questão do Aerolula e do Aeroyeda me lembra uma constatação que li ou vi em algum lugar que não lembro. Em encontros internacionais entre líderes do mundo, é fácil identificar através dos modelos dos automóveis as respectivas proveniências dos próceres. Quando mais luxuoso, extravagante e caro for o veículo mais miserável e capenga é o país daquele líder. O mesmo acontece com a quantidade de multas recebidas pelo veículo. Coincidência?

paschoal disse...

E pensar que o dinheiro gasto com essas aeronaves poderia ser destinado à saúde pública, mas qual o que, nossos políticos são uns aproveitadores e sabem que o povo é idiota e que vai reelegê-los quando quiserem.
Fazer o que? Dar mais bolsas esmolas!
Não dar educação fundamental e manter os vassalos reféns na ignorância.

CINEMAN disse...

Agora começamos a descobrir porque o Aod, chefe do caixa, saiu. Acho que vem mais por ai.

Ítalo Dorneles disse...

Olá amigo...
Admiro o seu blog e achei ele muito interessante.
Já adicionei nos seguidores do meu para seguir acompanhando.

Abraços
http://italodorneles.blogspot.com