quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

O Herói do Terror

O PoPa acompanhou hoje, no noticiário internacional, a enorme bobagem do nosso Ministro da Justiça fez ao dar guarida a um criminoso italiano. Vai juntar-se ao outro [aquele que matou crianças queimando-as vivas] que já está aqui e, de quebra, poderá ganhar um empreguinho como a esposa do outro, para poder "sustentar-se".

Este é o país que quer assento no comitê de segurança da ONU. De um país que dá cobertura a terroristas, apoia movimentos terroristas no resto do mundo, aprova as atrocidades de um governo genocida como o do Sudão, o que se poderia esperar?

2 comentários:

Fernando disse...

Bem, o Brasiol está realmente no fundo do poço moral, com um ministro da justiça que tem um comportamento como esse, dá para acreditar na justiça neste país?
A cada dia que passa eu fico mais surpreso com o grau de irresponsabilidade e desrespeito às leis que essa gente comete.
Ad Fragmentare ou estamos lascados.

PoPa disse...

E esta não foi uma decisão técnica, como alegado. Sequer foi política! Foi uma ação entre amigos...