quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Simon, Simon...

O PoPa não se surpreendeu com a tentativa de Simon transferir a votação da CPMF. Alegando a desesperada proposta do Planalto de colocar todos os recursos do tributo para a saúde (demoraram...), Simon ouviu uma reprimenda do Senador Virgílio, coisa a que a velha raposa não estava acostumada! E usou o argumento: "Já fazia política com seu pai quando vossa excelência não tinha nascido". Faltou argumento... O PoPa votou no Simon em muitas oportunidades, mas está decepcionado com o que ele tem feito neste final de vida política.

Como Mantega ameaçou, provavelmente a gastança do governo não se adaptará à esta nova realidade e irá reajustar vários outros tributos, o que não é ilegal, mas - no mínimo - imoral. Ou seja, a sociedade vai pagar esta conta mas, pelo menos, ficará registrada a ganância do Planalto. Ou o governo vai reduzir seus gastos (aqueles que são realmente supérfluos, como publicidades, viagens e outras bobagens) e firmar-se como um governo que realmente se importa com o desenvolvimento e com o povo (HAHAHAHA).

7 comentários:

Lua Nua disse...

(HAHAHAHA) acho que deu eco aqui em casa (rsrs)

*********************

Ainda sobre os comentários do ECA:
Não me joguem pedras, mas...

ODEIO O DIA DA MULHER!!!!

A gente lava, passa, cozinha, limpa, cuida de filhos, trabalha, estuda, engravida, menstrua e ainda tem que estar lindona, cheirosa, gostosa, de bom humor e sem dor de cabeça à noite.

Fazemos isso o ano todo. Então deveríamos ter todos os dias do ano.

Então porque essa homenagem besta? Só para termos um dia no ano que o marido é obrigado a levar uma rosa pra casa? Prefiro rosas sem data definida.

Daqui a 9 anos também quero apenas o direito de cidadã (que já tenho). Se vierem com esse estatuto do idoso pra cima de mim eu sento o guarda-chuva na cabeça (que nem a velhinha do frajola).

Ops, falei muito. Agora deixa eu ir lá postar.

Beijos em todos aí que andam por aqui.

tita coelho disse...

Popa....
para te flar a verdade..gostei da atitude do Árthur Virgílio! Ninguém faz isso...e ele fez! O Senador Simon nunca escolhe nada..essa é a grande verdade!!!
beijos meus

Carlos Eduardo da Maia disse...

O Simon fez um alarde e tanto de tarde e à noite, de madrugada, vota a favor do governo. Eu já disse várias vezes, eu sou a favor do CPMF, porque é um imposto insonegável e paga mais quem ganha mais, mas o PT é um partido impiedoso e vai deitar e rolar na politicagem com 40 bi a mais para se perpetuar no poder. Tá todo mundo de olho em 2.010.

Lua Nua disse...

Não sou a favor de mais um imposto, seja ele qual for.

Se quisessem fazer certo, então que o CPMF fosse um imposto único (não cairiam todos, apenas IR e alguns distorcidos)e usado de forma honesta. Assim, poderiam até passar a alíquota para 1% que estariam realmente fazendo justiça.

O pior é que o CPMF não paga mais quem ganha mais. Paga mais quem tem conta em bancos brasileiros. E esse não é o caso das grandes fortunas, elas estão em bancos internacionais. Vide Salim.

CINEMAN disse...

Simon, senador meu, até tu...

tita coelho disse...

oi Popa...vim te convidar para uma blogagem coletiva!!! Passa lá no blog!!!
beijos meus

Paula Cavalcanti (Paps) disse...

Oie!
Eu tenho a maior admiração pelo Simon, acho os discursos dele normalmente bons para reflexão. Mas ontem, bom, ontem eu prefiro creditar a uma sandice momentânea pelo avançar da idade... Vai saber o que estava para ele fosse a cpmf aprovada, né?!

Beijocas!