domingo, 23 de dezembro de 2007

Igreja vs AIDS

O PoPa gosta muito de ler determinado articulista ferino e competente mas, quando ele envereda pela defesa da Igreja Católica, parece perder um pouco da sua capacidade de entender o mundo. Ao afirmar que a Igreja não é responsável pela AIDS, por ser contra a camisinha e contra métodos contraceptivos não naturais, ele força demais a barra. Para ele, basta a castidade e a fidelidade no casamento para conter o avanço da AIDS, como se isso fosse uma coisa simples no mundo atual. O PoPa concordaria se estas advertências se passassem durante o sermão da missa ou nas publicações dedicadas aos católicos. Mas a Igreja Católica mais mais além. Ela interfere nas ações políticas que pretendem reduzir o impacto da AIDS, se estas incluirem distribuição de camisinhas e pílulas anti-concepcionais, mesmo que a não católicos. E sobre o controle da natalidade, idem. É contra e trabalha ao nível político, com ações dirigidas, pretendendo interferir na vida de todos os brasileiros, não somente os católicos.

O PoPa leu um interessante livro, que também falava sobre controle de natalidade e suas vantagens para a sociedade: Freakonomics. Leitura obrigatória!

5 comentários:

CINEMAN disse...

Freakonomics é obrigatório. Agora andam tentando queimar as teorias do livro usando aquele argumento muito usado pelo nosso conhecido papa da agricultura soviética, Lisenko."Como todo mundo sabe, isto não é verdade"

tosco disse...

Sobre religião:
http://www.youtube.com/watch?v=JGwAEhkmsSU&eurl=http://www.orkut.com/FavoriteVideoView.aspx?uid=5832784109539151447&ad=1198438024
hehe

Paula Cavalcanti (Paps) disse...

Oi, Popa!

Uma passadinha rápida para agradecer os votos (se bem que 2008 ainda vai começar, rsrsrs...) e desejar para você um novo ano cheinho de boas notícias, de preferência por um Sul livre... ;)

Feliz Natal!!!

tita coelho disse...

Ai...nunca li este livro...sinceramente não gosto de falar em religião...já chega a política!!
beijos

bebeto_maya disse...

Freakonomics não é um livro científico...É preciso ter titica na cabeça para entendê-lo dessa forma. Trata-se de uma obra genial, proposta para ser pseudo-ciência bem elaborada...Meu Deus, como é díficil ler e refeltir, a maioria somente faz o primeiro.

Freakonomics é um livro que deve ser lido como é proposto...Não é um método científico.

Sobre a camisinha...O papa está errado, ela reduz muito a AIDS, porém não resolve...É preciso uma política mais severa de distribuição de preservativos e redução de parceiros...Coisa que funcionou muito bem em Uganda.