sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Na Fronteira Oeste

O PoPa está devendo alguns comentários dos acontecimentos recentes, mas está em viagem pela Fronteira Oeste. Entre todas as dificuldades que a região enfrenta, também há falta de internet em alguns hotéis - ou uma estranha configuração da rede wireless, que o velho não conseguiu acomodar. Mas, claro, comprou algumas garrafas de cava, alfajores, dulce de leche, vinho do porto, brinquedos para a neta...

Mas o PoPa tem ouvido produtores e sente o clima de alívio com a não aprovação da CPMF. Não que isto vá representar uma redução no custo das lavouras, nem que isto vá melhorar o preço dos produtos, mas sim porque representa a derrota do atraso, do caudilhismo, da prepotência. Isto, caros amigos, não tem preço, embora vá custar caro em um futuro bem próximo, pois os donos do poder, a elite suja, os ricos de Brasília, não vão se conformar com esta derrota "de mierda".

4 comentários:

Toscoman disse...

oba! Vinho do Porto!
=oD

Anônimo disse...

O último artigo do Janer tá ótimo, dá uma espiada.

CINEMAN disse...

Teve uma frase do Lula do Pt hoje que está ótima; "- Quem votou contra o CPMF não usa o SUS". Claro que ele está certo. Mas eu também estou certo quando digo: "Quem votou a favor do CPMF também não usa o SUS"

CINEMAN disse...

Outra frase que pode ter um contraponto é a do Ministro da Controladoria da União ou coisa parecida (é tanto cargo que é impossível para um vivente lembrar tudo isto) : "- Os corruptos também comemoram o fim do CPMF". Pode-se dizer que alguns sim, mas tem aqueles do mensalão e outros que mamam das tetas do governo que certamente não comemoram o fim do CPMF.