sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Arrecadação

A Governadora está com uma fixação de aumentar impostos. Mas imaginem a seguinte situação: alguém tem um telefone celular de cartão. Costuma gastar uns 10 reais por semana. Então, aumentam-se os impostos (serão centavos nestes 10 reais) e o telefone fica mais caro. Mas aquela pessoa vai continuar a gastar os mesmos 10 reais - falando um pouco menos, claro. Aí, não adiantou a manobra, pois a arrecadação será a mesma...

Assim é com o restante. Gasolina, energia... tudo vai se acomodando, pois o povo não consegue pagar mais caro. Então, reduz-se o consumo. Onde o Estado ganha? Não ganha!

Agora, imagine o contrário: menos impostos, as pessoas falariam mais, gastariam mais e a economia iria girar mais rápido. É assim também com a CPMF. Não é de graça que o governo tira 40 bilhões da economia, para gastar mal. Se esta grana ficasse em poder da população, certamente geraria muito mais riquezas e, consequentemente, mais arrecadação. Mas isto é conta que economista não entende... principalmente economistas do governo, cujas tabelas somente tem duas colunas - entrada e saldo...

8 comentários:

Guillermo disse...

eu sei qual o problema da CPMF... não dá pra sonegar. Por isso toda essa baboseira...

DÁ-LHE GRÊMIO!!!

Pobre Pampa disse...

Pois, por incrível que possa parecer, um grande banco brasileiro foi condenado em um processo do Banco Central, exatamente por sonegação de CPMF. Um esquema "aliviava" a cobrança de grandes empresas: os cheques de depósito destas empresas eram utilizados para pagamento de contas destas mesmas empresas, o que foi classificado como sonegação, pois havia um "bypass" de uma das etapas da movimentação financeira.

Não é, portanto, insonegável... este é apenas um dos esquemas flagrados pelo Bacen.

Pobre Pampa disse...

Como dizem los hermanos: hecha la ley, hecha la trampa! Nunca subestime a capacidade de um sonegador.

CINEMAN disse...

Quem é o sonegador? Eu acho que o maior sonegador é o governo. Ele arrecada tudo isto e sonega serviços de saúde, de segurança, de educação etc...

Toscoman disse...

Bom, a isto se chama economia liberal, algo que o terceiro mundo ainda não adotou de fato, apesar de esquerdopatas sempre relacionarem os problemas deste terceiro mundo com a tal "economia neoliberal".

tita coelho disse...

Concordo com o cineman, o maior sonegador é o Governo...gostei disso!!
beijos :)

Paula C. disse...

Eu sempre entro aqui e nunca deixo comentário (que feio!)rsrsrs, mas hoje não tem como ficar quieta!
Faltou vc mencionar a terceira coluna, a do "caixa dois"...Por que essa dinheirama, além de custear a infame bolsa-família, com certeza ainda escoa pelos bolsos do governos. É dose!

Beijocas!

Pobre Pampa disse...

O PoPa agradece tua visita, Paula e, principalmente, pelo link que estava lá na tua página! Tens razão, esta terceira coluna é que mata as contas públicas.