quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Terceiro mandato para Uribe?

Passou no senado colombiano e está indo para a câmara dos deputados de lá. Depois, vai passar pelo crivo do judiciário e então Uribe poderá candidatar-se ao seu terceiro mandato. Mas isso é realmente necessário? Não há ninguém mais na Colômbia para seguir adiante o trabalho de conter as farc e o narcotráfico? Não há mais ninguém que tenha coragem de peitar Chávez? O terceiro mandato deveria ser vetado pelo próprio Uribe. A América Latina já está cheia de comandantes eternos. Não precisa mais um, independente de sua orientação política.

O PoPa já declarou, em mais de uma oportunidade, que acha Uribe um dos melhores presidentes latinoamericanos. Mas que está prestes a fazer uma bobagem histórica! Quem garante que, após o terceiro mandato, não assuma alguém alinhado com as farc, pronto para três mandatos consecutivos? Dinheiro, nestes casos, muda a história de uma nação.

O PoPa torce para que Uribe resista à tentação.

9 comentários:

charlie disse...

Não acho que ele faria uma cagada desta magnitude.

zefirosblog disse...

Caso aceite o terceiro mandato, Uribe deixa seus simpatizantes sem armas para o defender.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Gosto do Uribe e é uma pena que ele não dê espaço para outro candidato que tenha condiçoes de 'peitar' Chávez ( e ele tem de ser peitado) e acabar de vez com as FARC. Charlie, o Uribe vai fazer essa c....

Clausewitz disse...

Caro, sou contra e também acho uma pena ele dar de bandeja para a esquerda esse trunfo... passe lá no blog, pois tem umas respostas para você de uma executiva do ministério da saúde, quanto aos comentários que você fez sobre a gripe suína... sobre o que eu disse, ela não se pronunciou... bem do estilo deles... abraço

PoPa disse...

Concordo com o Maia. Ele vai fazer e vai ser uma lástima! O poder é uma coisa estranha que entra no íntimo das pessoas e as transforma. E quase nunca para melhor.

PoPa disse...

Claus, acho que é o papel da executiva fazer isto, mas não me convenceu em nada. A questão do Tamiflu ter sido recolhido pela Roche, ainda está nebulosa. E a questão de que médicos particulares podem receitar, esbarra na burocracia estatal para conseguir o remédio. Assim, nivelamos o povo por baixo. Todos somos SUS nesta epidemia, menos os que estão próximos do Uruguai...

Cachorro Louco disse...

Popa : Uribe erra se fizer isto porque pode simplesmente eleger um sucessor e posteriormente tentar um novo mandato.Seu governo é bom ,e seria péssimo para o pais mudar o rumo da política, mas com mais uma candidatura êle pode se queimar diante do eleitorado.Abraços

Anônimo disse...

A verdadeira origem dos nossos políticos.....

Um dos melhores resumos da situação atual, passada e provavelmente futura do Brasil.

A maioria do povo brasileiro:

- Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.

- Estaciona nas calçadas, até mesmo debaixo das próprias placas de proibição.

- Suborna, ou tenta subornar, quando é pego cometendo infração.

- Troca voto por qualquer coisa: cesta básica, areia, cimento, tijolo,
dentadura.

- Fala ao celular enquanto dirige.

- Para em filas duplas, triplas, em frente às escolas.

- Viola a lei do silêncio.

- Dirige após consumir bebida alcoólica.

- Fura filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas.

- Espalha mesas, churrasqueira, banca de camelô nas calçadas.

- Pega atestados médicos sem estar doente, só para faltar ao trabalho.

- Faz gato de luz, de água e de tv a cabo.

- Registra imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas
vezes irrisórios, só para pagar menos impostos.

- Compra recibo para abater na declaração do imposto de renda, também
para pagar menos imposto.

- Escreve que a cor da pele é mais morena, para ingressar na
universidade através do sistema de cotas.

- Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou $10, pede
nota pra $20.

- Comercializa os objetos doados em campanhas pós-catástrofes.

- Estaciona em vagas exclusivas para deficientes.

- Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado.

- Compra produto piratas com a plena consciência de que são piratas.

- Substitui o catalisador do carro por um que de catalisador só tem a casca.

- Mente a idade do filho para que passe por baixo da roleta do ônibus
sem pagar passagem.

- Emplaca o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA.

- Frequenta caça-níqueis e faz fezinha no jogo do bicho.

- Leva das empresas onde trabalha pequenos objetos como clipes,
envelopes, canetas, lápis, etc, como se isso não fosse roubo.

- Comercializa os vales-transporte e vales-refeição que recebe das
empresas onde trabalha.

- Falsifica tudo, tudo mesmo. Só não falsifica o que ainda não foi inventado.

- Quando volta do exterior, nunca fala a verdade quando o policial
pergunta o que traz na bagagem.

- Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve.


E depois querem que os nossos políticos sejam honestos...

Mas isto é impossível, porque os políticos que aí estão, saíram do meio desse mesmo povo.
Ou não ???
E depois se queixam. uiiiiiiiiii



(Autor desconhecido)

Clausewitz disse...

Caro, tenho parentes na Califórnia e lá não houve adesão da roche ao governo, muito menos o governo estava interessado em seguir a cartilha da OMS, isto é se ela existe em forma de protocolo... aqui onde moro, consultei várias farmácias e todas foram unânimes: o remédio não foi recolhido, mas os mediadores entre laboratório e farmácias estão "proibidos" de vender... proibidos por quem e por que? abraço