domingo, 17 de maio de 2009

Há muitas formas de estar

Yoani faltou, novamente, a um importante evento, onde ela seria uma convidade especial. A Feira Internacional do Livro de Turim ficou à espera da blogueira para o lançamento de seu livro em italiano, Cuba Libre. E fizeram uma carta aberta ao "presidente" Raúl.

Enquanto castristas alegam que o embargo (chamado por eles de bloqueio) é algo que impede a ilha sequestrada de desenvolver-se, o PoPa alega que não permitir que Yoani saia da ilha para participar de eventos ao redor do mundo, é burrice demais. De que adianta manter a blogueira dentro de suas fronteiras, se sua alma já conquistou o mundo e a falta de sua presença física apenas piora o regime aos olhos de todos os que prezam a liberdade?

Um comentário:

WORF NETO disse...

Muito Obrigado pela visita e por seguir o meu Blog! Um forte Abraço!