quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

"Pede para sair, esquerda embolorada"

O Tosco chamou a atenção do PoPa para um artigo de retrospectiva 2007 da Veja. O autor comenta três importantes eventos de 2007, que concorreram para o destempero ideológico das esquerdas ultrapassadas: o filme "Tropa de Elite", o assalto a Luciano Huck e seu desabafo público e o livro "A Cabeça do Brasileiro". Neste último, a triste constatação da realidade brasileira: a pobreza é, infelizmente, muito preconceituosa nestepaís. Vejam os números revelados pelo livro do sociólogo Alberto Carlos Almeida:

Leiam o artigo completo, clicando aqui

Como se pode constatar, a maioria dos analfabetos considera normal a corrupção, acha que a polícia tem que baixar a porrada e quer que sejam proibidos programas de TV que critiquem o governo! Pense nisso...

3 comentários:

Tosco disse...

Esse livro parece muito esclarecedor... rsrs

CINEMAN disse...

Por isto os nossos (des)governantes deixam a educação só no discurso. Um povo instruido torna as coisas bem mais dificeis..para eles. Mas só para brincar um pouco, estava lendo o livro sobre a vida do Tim Maia e tinha um show que foi naquela casa antiga, o AeroAnta. Lembrei logo do livro do Mainardi - Lula é minha Anta - e, num estalo, um novo nome para o aviaozinho do Lula do PT - AEROANTA.
(É muita óbvia, será que ninguém ainda saiu com esta)

CINEMAN disse...

Outra coisa, estou cabreiro com esta história da tortura em Flores da Cunha. Destituiram o chefe da corporação na região e mais todo o seu grupo porque alguns policiais podem ter torturado uma pessoa. A alegação é que ele era o responsável pelas ações do policiamento na região. Se for assim, a lógica me obriga a concluir que o Comandante Geral da Brigada, também é responsável. E que o Secretário de Segurança também. E que a Governadora também.
Exagero não é? Então está me parecendo que o grupo no comando aproveitou a situação para se ver livre de alguem que não rezava pela mesma cartilha.