terça-feira, 26 de outubro de 2010

O petróleo é nosso

Uma campanha, na década de 50, sacudiu o Brasil e criou a Petrobrás. Ontem, no debate, soubemos que ela foi recriada em 2003. A história foi jogada no ralo pela candidata do pt à presidência, ao afirmar que antes de 2003, a Petrobrás era "carne de pescoço". Ela quis fazer alguém acreditar que o pré-sal é um "bilhete premiado" e que nada tem a ver com as pesquisas realizadas pela Petrobrás, e com seu corpo técnico, nestes últimos 50 anos.

"Bilhete premiado" é obra do acaso. O pré-sal é obra de muita pesquisa e muito trabalho. Tem a ver com a formação do quadro técnico da empresa e com as diretrizes de suas subseqüentes diretorias, desde sua fundação.

Outro ponto interessante do debate, foi quando Dilma afirmou que a agropecuária estava mais forte, em função de tecnologias apoiadas por este governo, como o plantio direto! Plantio direto é tecnologia já dominada há várias décadas! Vem sendo apoiada pelos sucessivos Planos de Safra, antes de - acreditem! - 2003. O Cineman afirma que ela ainda vai querer reivindicar a autoria dos transgênicos...

Estes são fatos que o PoPa conhece bem e, sobre eles, ela mentiu. Então, o resto das coisas que ela disse e o PoPa não conhece, podem ser mentiras também.

O PoPa também tem visto comparações do Brasil com a China. Bem, os fatos - é, os fatos - mostram que a China realmente tem influência no mercado internacional. Subiu apenas 0,5% em sua taxa básica de juros e o mercado internacional tremeu, as bolsas caíram. O Brasil pode fazer qualquer coisa e nada acontece. Dá para comparar?

3 comentários:

CINEMAN disse...

Deu para ver no debate que a agricultura não é assunto que ela domine. O Serra pode preparar algumas boas perguntas para o debate da Globo. No debate da Globo, lembras?, não dá para usar cola, os candidatos ficam de pé, sem a proteção da tribuna. Tem que ter noção de palco, acho que ela não tem.

CINEMAN disse...

Nova teoria - Como as pesquisas, para economizar, são feitas na rua, pegam poucos trabalhadores e muitos bolsas familia.

PoPa disse...

Boa teoria, Cineman! Afinal, quem anda na rua e tem lá uns 15 minutos para responder pesquisas? Quem trabalha, certamente não...