sábado, 5 de fevereiro de 2011

Romário: praia ou trabalho?

A dúvida - se houve - não deve ter durado dois segundos. Afinal, para alguém que passou a vida inteira fugindo do serviço, como seria diferente no parlamento? Seus eleitores estão muito bem representados, pois devem ter exatamente a mesma idéia do que é a democracia. Afinal, somos livres, não é mesmo? Livres para jogar um futivolei em vez de ir para Brasília trabalhar. Na real, talvez seja melhor ele nem aparecer, mesmo...

Tiririca, no entanto, estava lá. Afinal, um palhaço está começando melhor que o outro...

Um comentário:

CINEMAN disse...

Meu caro PoPa, você está sendo injusto com o Romário. Os outros deputados apenas assinam a presença e depois vão para seus gabinetes ou, mais provavelmente, para vivendas como aquela do Paloci. O Romário preferiu ficar entre seus eleitores. Vamos aguardar os projetos do Romário.