terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Abuso policial. Escrivã é deixada nua e é revistada à força.

O PoPa não recomenda assistir a este vídeo, que demonstra quão mal preparados são os policiais destepaís. E são delegados! Chefes de corregedoria! Gente que deveria conhecer as leis do país e prezar pelo atendimento das mesmas.

Filmando um ataque brutal e imbecil a uma acusada! Não importa o crime dela, importa que o crime deles é de maior destaque e com o agravante da força brutal e desnecessária. E, convenhamos, no finalzinho, onde deveriam mostrar o dinheiro, a câmara não captou nada... pode ter sido prova plantada. E mesmo que não seja, não tem valor nenhum, face ao crime que eles cometeram.

Não veja o filme. Teu estômago pode não resistir! Mas, aproveitar-se disso para falar em "governo do psdb" é um pouco demais. Imbecis estão em toda parte. Pena que apenas agora, quase um ano depois do ocorrido, estes imbecis foram afastados. Mas sem a divulgação dos nomes! Qual a dúvida do crime? Ele foi cometido à frente de uma câmara!

Provavelmente, este vídeo sairá do ar em alguns dias. Acho que deveria sair, mesmo! Mostra a ação brutal de vários policiais, entre eles dois delegados, agredindo uma escrivã, tirando sua roupa para mostrar notas falsas retiradas de dentro de suas calças. O filme mostra tudo, menos o momento em que eles "encontram" as notas. Providencial...

Atualizando: os delegados Eduardo Henrique de Carvalho Filho e Gustavo Henrique Gonçalves chegaram a ser inocentados pelo ministério público, o mesmo que agora apresenta denúncia contra os dois. Claro, vazou na rede, passou na TV... o PoPa espera que estes delegados não tenham filhas para se envergonhar por eles. leia mais aqui.

6 comentários:

PoPa disse...

Muitos comentários na rede, dão razão aos policiais. Faz parte da mentalidade torta que o brasileiro desenvolveu ao longo dos anos. Sem defender a moça, que pode ser tudo o que eles falam, a ação deles foi desproporcional ao fato. Ela estava em um ambiente controlado por eles. Era só deixar as mulheres fazerem a revista íntima e pronto! O cara da câmara foi competente para pegar toda a ação, menos o momento mais importante, que é a coleta das notas de dinheiro. Para mim, ficou uma dúvida razoável...

Se ela recebeu o dinheiro ali mesmo, o flagrante não precisaria da revista. E por que notas "xerocopiadas"? Porque fariam parte do processo e não voltariam para o dono...

Enfim, uma lambança que lembrou os porões do DOPS...

José de Araújo Madeiro disse...

PoPa,

Conforme pedidos, estamos repassando tb para vc:

Câmara derruba Lei do FICHA LIMPA

Ontem o povo foi traído (repassem com urgência)

1. UMA NOTÍCIA QUE NOS ENTRISTECE.



Ontem os deputados federais mostraram a cara e não votaram o projeto de lei FICHA LIMPA. Para quem não sabe, ontem foi rejeitada a votação, na Ordem do Dia da Câmara Federal, o Projeto de Lei FICHA LIMPA, que impede a candidatura a qualquer cargo eletivo, de pessoas condenadas em primeira ou única instância ou por meio de denúncia recebida em tribunal – no caso de políticos com foro privilegiado – em virtude de crimes graves como: racismo, homicídio, estupro, tráfico de drogas e desvio de verbas públicas.



A IMPRENSA FOI CENSURADA E ESTÁ IMPEDIDA DE DIVULGAR! PORTANTO, VAMOS USAR A INTERNET PARA DAR CONHECIMENTO AOS OUTROS 198.000.000 DE BRASILEIROS QUE OS DEPUTADOS FEDERAIS TRAÍRAM O POVO!!!

Espalhe esta notícia, segundo dados, uma mensagem da internet enviada a 12 pessoas, no fim do dia chega a 30.000 usuários. Vamos espalhar..........

Att. Madeiro

Rubens disse...

Indignação total, é realmente lamentável que após tantos anos de truculência, exista ainda no Brasil ação imbecil como esta. Registro aqui meu repudio.

PoPa disse...

O que mais deixa o PoPa preocupado, é a falta de indignação das pessoas com abusos desta ordem. Não importa se ela é ou não corrupta. Importa que a ação se fez de maneira truculenta e ilegal. Se fizeram isso com uma colega, o que não farão com pessoas comuns?

Anônimo disse...

Quem manda cobrar propina e ainda enfiar o dinheiro na calcinha? Se ela não tivesse enfiado o dinheiro lá, nao precisaria mostrar a "periquita" para os policiais. Agora ainda querem afastar eles? Só no Brasil mesmo... Os direitos humanos são muitos, mas dos deveres ninguem se lembra!

PoPa disse...

Bem, anônimo, as coisas podem ser feitas da maneira correta ou da maneira errada. Como foi feito, duvido que ela seja condenada por qualquer coisa. Pode ser até que consiga ser reintegrada pois a revista foi feita de maneira brutal e desnecessáriamente por homens. Ela não negava ser revistada, mas alegava o direito de ser por mulheres... A violência foi cometida e não sei como ficou, mas a chance dela ter ficado livre das acusações por conta desta bestialidade é muito grande.