quarta-feira, 2 de março de 2011

Tiririca na comissão de educação e cultura

O PoPa achou a eleição de Tiririca um erro, em princípio. No entanto, estes primeiros dias de legislatura, tem demonstrado o contrário. Ele está se esforçando para acompanhar o que o povo que o elegeu espera. Votou contra o salário mínimo de 545, pois não tem o rabo preso com o governo. Agora, na comissão de educação e cultura da câmara, há uma reação generalizada contra ele. Por que? Ele, mais que qualquer outro naquela casa, representa muito bem a cultura popular brasileira. Talvez o erro esteja em misturar educação e cultura...

Tiririca sabe o que o povo gosta e precisa ter, em termos de cultura. De que adiantaria ter um erudito naquela comissão, se o povo nem sabe o que é isso? O PoPa está com Tiririca! Acha que pode ser muito boa a participação do palhaço naquela casa. Ele, pelo menos, é um palhaço oficial, legítimo representante da classe. E os outros palhaços, representam a quem?

Um comentário:

CINEMAN disse...

PoPa, o Tiririca é nosso legitimo representante pois somos todos palhaços. E os deputados e senadores de palhaços não tem nada, pelo contrário, são a nossa platéia. E pior, uma platéia que não paga ingresso, nós é que pagamos por eles.