sábado, 28 de abril de 2007

Nova invasão

Pois o MST resolveu invadir - novamente - a Estância da Palma. Na primeira vez, fizeram errado, pois invadiram a propriedade vizinha! Acabaram invadindo a que estava sendo vistoriada pelo Incra o que impede - legalmente - que a vistoria seja feita nos próximos dois anos. E a propriedade está com um interdito proibitório, ou seja, não pode ser invadida. E o que deveria ser feito? desocupação imediata e enquadramento dos invasores, pois se não sabiam da primeira vez o que era um interdito, agora já sabem.

E estão plantando batata, milho, feijão e alface. Deve ser a primeira vez que tentam fazer isto na vida, já que está completamente fora de época... brincam de agricultores, brincam com a justiça, brincam com a sociedade! Vai ficar assim? Vai, pois o movimento não tem personalidade jurídica e a ele nada pode ser imputado. Algo como o Comando Vermelho.

Eu sei que o MST não tem personalidade jurídica, mas o site deles é mantido por uma entidade com CNPJ. Logo, poderia ser a responsável por isto (é só entrar em http://registro.br e verificar quem é o proprietário do site www.mst.org.br).

Enquanto isto, no próprio site do MST, eles reclamam que os produtores do Paraná estão fazendo um Movimento dos Produtores Rurais, que está rechaçando as invasões. Segundo Celso Ribeiro Barbosa, dirigente estadual do MST, "Nós estamos preocupados, porque os fazendeiros estão prometendo que cada ação do MST vai ter uma reação”. Ruim isso, não?

Mais ações contra a Metade Sul do RS. Em lugar dos eucalíptos, invasões. Em lugar do desenvolvimento, a destruição da região por assentamentos sem apoio técnico, sem produção, sem infra-estrutura. Interessante que a Fepam não fiscalize estes assentamentos e as áreas que pretendem para assentamento. Por que não é feito um zoneamento para os assentamentos? E porque será que nenhum deles é auto-suficiente até hoje?

4 comentários:

CINEMAN disse...

Por favor me atualiza Pobre Pampa,a Estância da Palma está em algum microclima que recomende o plantio destas espécies no meio do outono?

Pobre Pampa disse...

É verdade! obviamente eles não sabem que não é época de plantio, mas como saberiam? Só se fossem colonos!

Mas a localização da fazenda é ótima. Está na frente do acampamento deles. É só atravessar a estrada. Aliás, a "invasão" de agora foi só para a foto do jornal. Após a saída da imprensa, eles abandonaram a terra. Brincaram um pouquinho com as enchadas e a única coisa que plantaram foi uma bandeira.

Pobre Pampa disse...

Na TV local, disseram que plantaram e desafiaram os produtores a acabarem com a "roça" deles. O que teriam conseguido plantar em uma ou duas horas de "árduo trabalho"? Quem sabe colocaram algumas sementes de alface (viveiros e sementeiras? quem precisa disso?). Hilário!

CINEMAN disse...

Parece aquela brincadeira de guri de desafiar a apagar a cuspida no chão.