quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Diplomacia...

O Brasil já é um desastre nesta área com Amorim e Garcia. Não precisava que Lpt fizesse esta declaração: "Se for verdade que o embaixador dos Estados Unidos fazia reunião com a oposição do Evo Morales, o Evo está correto ao mandá-lo embora", declarou Lula, acrescentando: "O papel de embaixador não é fazer política dentro do país, não."

Claro que o embaixador estaria equivocado, se a afirmação é verdadeira. Mas onde ele ouviu isso? do Evo? E imaginem uma situação hipotética - nem tanto, em se tratando da Bolívia - dos oposicionistas tomarem o poder. Eles expulsariam os embaixadores do Brasil, da Argentina, do Equador, do Chávez (hehe) porque eles se intrometeram nos assuntos internos da Bolívia?

O problema é deles, foi criado por eles, eles que resolvam! Sem a interferência de NINGUÉM!

Comentário posterior à publicação deste post: Lendo Reinaldo Azevedo, o PoPa deu-se conta de uma pequena diferença da ação diplomática do Brasil deste episódio com o ocorrido na Colômbia. Naquela oportunidade, o Brasil não disse nada à respeito das farc, nem apoiou explicitamente o presidente, eleito democraticamente, que estava sendo agredido por facínoras. Agora, na Bolívia, faz-se a apologia da democracia, mas esquecem que os governadores também foram eleitos democraticamente e que Evo estava a usurpar recursos de suas regiões. A reação foi, portanto, democrática, na preservação de sua gente.

4 comentários:

PoPa disse...

Aquele "se" que ele usou na sua fala, foi só para livrar a cara em caso de repercussão maior que a esperada...

Anônimo disse...

A América Latina é um circo. Diplomacia por aqui é tratada da mesma forma que discussão de vizinhos de barracos em uma favela.

Dia desses eu vi (mais) um discurso anti-americano do venezuelano usando termos como carajo.

Carajo! Em que outro lugar um presidente usa "filhos da puta" e "caralho" em um discurso?!

Carlos Eduardo da Maia disse...

Tudo errado. Coloquei no depósito este discurso do Chávez mandando embora o embaixador americano. Por que eles não cortam relações comerciais com os EUA???/ Somos ou não somos um continente de republiquetas de banana?

Pobre Pampa disse...

O Youtube já retirou o filme. Sabe-se lá porque... quanto às relações comerciais da Venezuela com os americanos, ambos teriam problemas sérios, pelo menos por enquanto. Com certeza, os gringos estão buscando uma saída para deixar o petróleo chavista de lado. Mas, com certeza, também, Chávez não está tendo a mesma preocupação, pois já estaria vendendo para outros, se tivesse esta opção...