quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Bolívia...

A situação está mais do que preta. Está quase incontornável. O PoPa leu hoje, no blog do Reinaldo Azevedo, que copiou do Estadão: Conforme o diagnóstico do Itamaraty, a oposição boliviana está alcançando seu objetivo de fragilizar Evo ao ameaçar o caixa do governo. O corte de 10% nas remessas de gás ao Brasil significará a perda de cerca de US$ 8 milhões ao dia para a Bolívia e implica pagamento de multa contratual à Petrobrás. O PoPa aposta todas as fichas em que Lpt vai "negociar" esta multa e, muito provavelmente, "perdoar"... alguém cobre esta aposta?

Um comentário:

tosco disse...

Não cubro de jeito nenhum! O companheiro não pode ficar na mão!