domingo, 19 de setembro de 2010

Meus filhos vão ter que viver todos às minhas custas?

A pergunta retórica da ex-ministra Erenice, parece uma brincadeira de mau gosto. Ela prefere que os filhos, maridos, irmãos, todos eles e mais alguns amigos, façam parte do serviço público, sem concurso. O fato é que todo servidor público em cargo de mando, não pode ter negócios com familiares até terceiro grau, em sua jurisdição. O PoPa lembra de ter perdido um cheque especial de um banco público, pois um cunhado (e cunhado não é parente, segundo Brizola) era diretor de uma empresa associada ao tal banco e ele, como manda a lei, informou todos os parentes que tinha e que não poderiam ter contratos (nem de um mísero cheque especial) com o bando, ops, banco.

Reinaldo Azevedo escreveu que eles não precisam viver às custas dela, mas que não podem viver às NOSSAS custas!

E, claro, ela declara-se traída e que nada sabia. O que ela deveria saber, é que esta desculpa tem dono e só funciona com ele.

4 comentários:

José de Araújo Madeiro disse...

PoPa,


Conforme o Blog do Alerta Total, falando sobre matéria divulgada no Blog @ Nilnews, em anexo:

No valetudo do final de campanha surge hoje a figura de Verônica Maldonado dizendo “Dilma Rousseff é Lésbica, mas nunca quis assumir nosso romance publicamente”

A declaração é de Verônica Maldonado, uma doméstica que afirma ter tido um longo romance com a atual candidata à presidencia da república, Dilma Rousseff.
***
Danou-se?! O Palácio do Planalto é bem pior que o Cassino da cafetina Hosana da velha Rua da Maciel Pinheiro de João Pessoa-PB!

Att. Madeiro

CINEMAN disse...

Eu acho que isto faz parte da técnica de abafar o escândalo anterior que é muito mais grave, ou simplesmente a vulgarização do escândalo.

CINEMAN disse...

Manchetinha da Zero Hora de domingo, jornal de direita segundo o PT, - ESQUEMAS COMO O QUE DERRUBOU MINISTRA PROSPERAM NA MÁQUINA PÚBLICA DESDE A FUNDAÇÃO DE BRASILIA. -
Quer dizer, quando há um escândalo, FOI SEMPRE ASSIM, no resto - NUNCA DANTES NESTE PAIS.

PoPa disse...

ZH não tem orientação partidária. Está com quem tem grana. Yeda não deu muita publicidade e eles abandonaram o navio. Já as publicidades federais estão em alta nas páginas do jornaleco...