sábado, 20 de dezembro de 2008

Brasileiro bonzinho

O PoPa leu, em um cantinho da ZH deste sábado:

Lula prega generosidade com países mais fracos

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem que o governo brasileiro só pode ser duro com os países que têm o porte econômico do Brasil. Com os demais, de economia “frágil’’, disse Lula, o Brasil tem de “ser generoso’’. O presidente se referia aos casos dos embates com o Equador – que expulsou a Odebrecht do país e contesta uma dívida com o BNDES – e o Paraguai (que tenta rever os termos do tratado de Itaipu). As declarações foram feitas ontem durante um café da manhã do presidente com jornalistas.

Ora, Lulinha, vá fazer caridade com a tua grana ou do teu filho, não com a do povo brasileiro, que paga um imposto absurdo, juros nas alturas e tem que aguentar isso! O Equador, a Bolíva e o Paraguai são pobres por escolha própria, pois têm riquezas naturais e muita grana. Talvez sejam pobres de espírito, por colocarem estas figuras no comando.

Um comentário:

Charlie disse...

Pois é. Fazer caridade com grana alheia é muito fácil. Porque investimento em republiqueta de bananas é exatamente isso. O calote é quase uma certeza.