domingo, 31 de agosto de 2008

Vinhos e vinhedos

O Pampa está se transformando em uma excelente opção para a produção de vinhos. O PoPa esteve visitando duas das primeiras cantinas da região da Campanha. Este cabernet foi degustado na cantina Peruzzo. Ainda jovem, mas com excelentes perspectivas. O PoPa também esteve na cantina da Fortaleza do Seival (Miolo), onde viu de perto os vinhedos (foto abaixo) e a estrutura na nova cantina.

Felizmente, ainda não existem campanhas contra a produção de uvas e vinhos na região. Ainda não... Estes vinhedos podem gerar até um emprego para cada cinco hectares plantados, sem condiderar vagas eventuais. E todos com excelentes condições de trabalho, como o PoPa pode constatar. Esta é a verdadeira reforma agrária: emprego decente no campo!

8 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Deixa os lideres do MST descobrirem essas maravilhas....

Buggyman disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlos Eduardo da Maia disse...

Popa, me diga, qual o vinho bom dessa região?

PoPa disse...

Caro Maia, de acordo com os entendidos - entre os quais não me incluo - o Tempranilho da Miolo está muito bom. O espumante brut da Terrasul também é uma opção interessante, apesar do baixo custo [alguns "apreciadores" não gostam de vinhos que não custem os olhos da cara...]

Pobre Pampa disse...

Rayol, esta propriedade está bem na beira da BR. Já pensou uma ação dos malucos, detonando mudas que custaram mais de 10 dólares a unidade e exigiram investimentos que ultrapassam 50 mil reais por hectare? Sem contar com o tempo de desenvolvimento - pelo menos três anos de produção perdidos?
Acho que nem eles teriam coragem para tanto, mas...

Pobre Pampa disse...

O triste nesta visita à Miolo, é que eu iria dirigir até Pelotas e não degustei nem um golinho dos vinhos que estavam à disposição. E todo mundo sabe que estes de degustação são sempre os melhores da cantina! :((((

Giovanna disse...

De quando é essa foto? Quando foi tirado? Por quem? É urgentee!

PoPa disse...

Giovanna, esta foto foi tirada pelo PoPa (pode usar sem dar os créditos), na propriedade da Miolo - Fortaleza do Seival, municipio de Candiota e a data foi em agosto de 2008.

Mostra o vinhedo em processo de poda mecânica, que é complementada pela mão humana depois.