terça-feira, 26 de agosto de 2008

Pais...

A mídia - esta organização malvada - sempre encontra um meio interessante de fazer chegar aos seus leitores, uma informação que, de outra maneira, pareceria o aproveitamento de uma tragédia familiar. A Veja desta semana comenta um livro lançado nos EUA sobre Barack Obama, citando que seu pai era alcoólatra, violento, polígamo, fracassado e suicida. Aproveita, de passagem, para lembrar que o pai de Lula era analfabeto, alcoólatra e violento. E foi sepultado como indigente em 1978.

A genética pode fazer valer seu peso nestes casos?

4 comentários:

Toscoman disse...

Eu me considero um cara pragmático. Melhor do que pesquisar a vida privada do sujeito procurando algum filho problemático ou um pai ausente, melhor passar um pente fino na vida profissional deste sujeito.

Informações tecnicamente irrelevantes como (por ex.) um pai muçulmano pode ter impacto importante sobre eleitores religiosos.

Toscoman disse...

Mas, claro, se algum jornalista (ou, mais provável, adversários políticos) resolverem trazer a publico questões pessoais e negativas sobre candidatos, paciência. Faz parte.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Mais um motivo para eu torcer para o Obama. Lula e Obama incorporam exatamente o que se chama de american dream, o sonho americano, são pessoas que tiveram imensas dificuldades na infância e chegaram onde estão.

Toscoman disse...

Por falar em Obama, so eu percebi o trocadalho perfeito com seu vice? O tal Biden.

Obama Bi(nla)den.. rsrs

Os cara deixam a bola quicando... rsrs