terça-feira, 27 de dezembro de 2011

E as Falklands voltam ao noticiário...

Pois o PoPa ficou sabendo - pela imprensa internacional - que o Mercosul resolveu fazer boicote aos navios com bandeira das Falklands, em apoio à Argentina que anseia conquistar aquele território. O PoPa não conhece os fatos históricos que levaram a Inglaterra a ter a soberania das ilhas, mas sabe que apenas a proximidade da Argentina não é argumento suficiente, senão Cuba pertenceria aos EUA...

É um boicote burro, porque apoia uma pretenção belicosa, de um país belicoso. Negociar, talvez. Pressionar, talvez. Boicotar? O PoPa não vê muita inteligência nisso. Bem, ver inteligência nestes governos latinos é um pouco difícil mesmo.

Os ingleses poderão, então, usar navios de bandeira inglesa para abastecer as ilhas, parando nos portos do Mercosul? E se eles trocarem a nacionalidade dos navios que operam nas ilhas para a inglesa, como ficará? Troca de bandeiras em navios é algo bastante comum, a propósito. A ponto de ser difícil identificar a origem de alguns. Vamos bloquear navios ingleses, então? A retaliação - bloqueio de navios do Mercosul na Europa - poderá ser feita? Quem sai ganhando com isso?

3 comentários:

José de Araújo Madeiro disse...

Popa,

Os generais de hoje diferem substancialmente dos de outrora. Não há generais nacionalistas como no passado.

E nós cidadãos estamos entregues às traças, desta politicalha reinante, que corrompe todas instituições brasileiras, incluindo às FFAA. Estas estão sem lideranças e os generais todos acomodados e não preocupados com as tropas. E simplesmente com o próprio bem estar ...ou o próprio bolso.

Que sem equipamentos, sem salários e sob comando de personas como o Zé Genoino e do Amorim Boca-torta. Estão destruindo às FFAA do Brasil lenta e gradualmente.

Todavia, o Hugo Chaves, armado até os dentes, está insuflando a Argentina contra a Inglaterra, na questão das Malvinas. E poderemos ter problemas nesta questão, quando os soldados brasileiros poderão ser desmoralizados caso sigam o comando do Hugo Chaves e levem, novamente, uma surra da Inglaterra, com morte de oficiais e soldados brasileiros se entrarem no conflito contra a Inglaterra, que virá com toda sua esquadra em defesa da sua população inglesa, sobrevivente na ilha.

E por isto que devemos alertar os soldados brasileiros das tramas PTralhas. Sabendo que devemos enfrentá-los, exercendo o nosso dever de cidadania. De tirá-los dos Poder, para trabalhar pela alternância de poder e prosperar na nossa democracia e fortalecimento das nossas instituições democráticas, particularmente das FFAA brasileiras.

Mas um ano novo pleno de vitórias para você e família.

Abs, Madeiro

Anônimo disse...

Oba! Quero ver esses portenhos levar uma sova dos ingleses de novo!

Sublime União disse...

PoPa

"Bem, ver inteligência nestes governos latinos é um pouco difícil mesmo."

Esta sua observação dispensa comentários.

Airton.